17 de set de 2010

Meu pet é o bicho!

A foto da seção de hoje “Meu pet é o bicho!” é da Diana de 4 anos, e da Luna de 2 anos, elas são da Zuleide em São Bernardo do Campo.


Meu nome é Diana, sou um mix de labrador com fila. Fui abandonada e minha mãe resolveu me adotar após ter ficado 10 anos sem ter nenhum cão morando com ela, eu tinha 10 dias de vida.

Peso hoje 40 kilos, sou um verdadeiro pônei, fui crescendo fiquei bem grande porém medrosa, minha mãe trabalhava o dia inteiro e eu ficava em casa com a vovó.

Mas sabe como é vovó, não aguentava as minhas “delicadas” brincadeiras e resolvemos que eu precisaria me exercitar , passamos então a ir todos os fins de semana , passear num canil onde tinham vários cachorrinhos para que eu aprendesse a ser mais sociável e menos medrosa.

Lá conhecemos a tia Drika que disse para a minha mãe adotar uma irmãzinha pra eu não me sentir tão sozinha. E não é que deu certo !!!!

Minha irmãzinha é de outra raça seu nome é Luna, somos muito levadas e quando o neto da mamãe de 4 anos vem em casa , minha nossa !!!! É só folia ! O quintal é grande e graças aos céus a cama da mamãe também hihihihi, porque depois da bagunça , nada como uma soneca .

Somos muito mimadas e muito felizes, gostaria que todos os cães tivessem a sorte de terem um lar assim ; com muito amor, muito carinho e muito respeito , pois em nosso espírito está a verdadeira arte de amar , o amor incondicional e mais verdadeiro que pode existir.

Oi pessoal eu sou a Luna, tomara que a minha irmã Diana não tenha falado muito mal de mim rsrsrs. Vou começar a minha história, sou um mix de border collie blue merle com golden retriever, tenho 2 anos e peso 26 quilos.

O que eu quero contar hoje é como eu fui sapeca nesse último final de semana, a mamãe morre de medo de me perder, tenho tantos telefones pendurados na minha coleira e sou tão sapeca que é impossível alguém não me devolver !!!!

Fomos ao Ibirapuera e como sou obediente ( pelo menos minha mãe achava que eu era ) ela ficou com dó de mim e me soltou da guia, essa não foi a primeira vez, então ela achou que estava tudo bem.

Acontece que fomos acompanhados de outras pessoas e uma delas eu adoro muito é o Ale,
ele foi com uma amiga que tinha um filho de 5 anos, o que nós não sabíamos é que ele morria de medo de cães.

Então resolvemos nos separar no parque para que ele pudesse brincar e eu pudesse correr, brincamos de bolinha, o que ninguém esperava é que eu ficaria com saudades do Alê e resolveria procurá-lo.

Como estávamos quase próximos do portão de saída , imaginei que ele tivesse ido pro carro, e saí em disparada rumo ao portão,minha mãe que estava segurando a Diana com a guia , largou-a com uma amiga e saiu correndo atrás de mim.

Eu saí pelo portão do Ibirapuera , atravessei a rua e fui correndo ( como só um border collie sabe fazer ) em direção ao carro da mamãe que estava a quatro quadras dali. De repente olhei pra trás e achei que era brincadeira , tinha um mooontãaooo de gente correndo atrás de mim, (parei o trânsito), por sorte o Alê me viu saindo portão afora e saiu correndo atrás gritando meu nome, caramba eu quase cheguei no carro , tive que parar pois o Alê me chamava.

Confesso que fiquei com dó da mamãe e quando ela me alcançou seu olhar era calibre 38 , hihihi , fui chegando abaixadinha pois sabia que lá vinha bronca.Acabou nosso passeio, coitada da Diana não fez nada e teve que voltar pra casa comigo, escutando o caminho inteiro todas as broncas que a mamãe me deu.

Chegando em casa ela me enfiou no chuveiro , pois eu estava que era um pó , de tanta folha seca grudada no pelo e pra finalizar o final de semana da mamãe, foi no pronto socorro com a pressão a 17.

“Se você quiser viver aventuras tenha um border collie, e reze pra conseguir sobreviver a ele rsrsrs, essa é a minha pestinha mais amada do mundo, eu não viveria sem elas, Diana e Luna fazem parte não só do meu dia a dia , elas fazem parte da minha existência, do meu coração e da minha alma. Não pode existir um amor igual , é recíproco”, comenta Zuleide.

Seu animal de estimação pode ter um dia de celebridade! Envie fotos do seu bichinho pra nós, que divulgaremos na seção semanal “Meu pet é o bicho!”.

Mande fotos de boa resolução para abcdosbichos@gmail.com e faça uma breve descrição do pet (raça, nome, idade) e do seu dono (nome, profissão, cidade).

Foto: Arquivo Pessoal

Disqus for ABC dos Bichos