30 de jul de 2010

Final de semana começa com agility

O final de semana começa agitado para os condutores e cães. Várias duplas estarão na pista para mais uma temporada de agility.

É o início do Campeonato Brasileiro, organizado pela CBA (Comissão Brasileira de Agility). Várias duplas já saíram de diversos cantos do nosso Brasil para as duas etapas, que acontecerão sábado e domingo.


O agility é um esporte de habilidade baseado em provas hípicas. Praticado por duplas formadas por cão e condutor, tem por objetivo percorrer uma pista composta por diferentes obstáculos no menor tempo possível e com o menor número de faltas. Conheça mais sobre o esporte no site: www.agilitybr.com.br.


A prova acontece no CTA (Centro de Treinamento Aricanduva), nos dias 31/07 e 01/08, das 9h às 18h.
Local: Rua Otávio Vasco do Nascimento, 200 – Carrãozinho - SP

O evento é aberto ao público e tem entrada grátis.


Foto: Júnior

Meu pet é o bicho!

A foto da seção de hoje “Meu pet é o bicho!”, é da Lolla de dois anos e meio, ela foi adotada pela empresária Andréa moradora de Rio Claro, interior de São Paulo.



A história da Lolla, começa com o abandono, ela foi achada no meio da rua, quase morta.

Estava com 1mês, mais ou menos. O rapaz que socorreu a levou para uma protetora que não tinha mais vaga e além de tudo, o filhote estava sem vacina e ela ficou com medo que fora a sarna, ela pegasse alguma outra doença.

Ela foi levada para uma agropecuária e pediu para a dona tratar, mas ela não teriam onde deixá-la depois.

“Neste dia, fui lá, para comprar ração pra um outro cachorrinho que havia aparecido na minha loja. Fiquei sabendo da história dela e tomei a decisão de adotá-la. Ela ficou em recuperação 2 meses. Depois deste período que eu fui saber que ela era pretinha e tinha o peito branco”, lembra.

Faz dois anos que esta história teve um final feliz e pode garantir que é a cachorra mais amorosa que já teve. Adora seus olhos cor de mel.

Deste o primeiro dia, ela já mostrou o jeito meigo e dengoso de ser, com isso faz com que todos se apaixonem por ela.

“Tenho mais oito filhos peludos e amo todos eles. Além da Lolla, tenho mais 2 cadelinhas adotadas, a Meg e a Paris, comenta”.

Seu animal de estimação pode ter um dia de celebridade! Envie fotos do seu bichinho para nós, que divulgamos na seção semanal “Meu pet é o bicho!”.

Mande fotos com boa resolução para abcdosbichos@gmail.com e faça uma breve descrição do pet (raça, nome e idade) e do seu dono (nome, idade, profissão, cidade).


Foto: Arquivo Pessoal

29 de jul de 2010

São Caetano terá feira
de adoção no sábado

Quem está pensando um adotar um amigo terá mais uma oportunidade neste fim de semana. A prefeitura de São Caetano, em parceria com as ONGs Nipa Arca de Noé e Apascs (Associação Protetora dos Animais de São Caetano Sul) realiza no sábado (31) mais uma feira de adoção de animais.

O evento, que faz parte da campanha "AdoCão, uma atitude que é o bicho", acontece das 10h às 16h, na sede do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), localizado na Rua Justino Paixão, 141, no Bairro Mauá.

Os interessados devem ter mais de 18 anos e apresentar RG, CPF e comprovante de residência. Na ocasião, cerca de 50 animais dos mais variados tamanhos e idades estarão disponíveis para adoção.

Hotsite - A prefeitura do município conta com um hotsite (www.saocaetanodosul.sp.gov.br/adocaodeanimais/) que contém fotos e características dos animais que estão abrigados no CCZ, prontos para adoção – todos já receberam as vacinas polivalentes e antirrábica, além da vermifugação. Os machos, na sua maioria, já foram castrados.

O internauta também pode encontrar diversas informações relacionadas à causa animal, como posse responsável, feiras de adoção, vacinação, primeiros socorros, legislações relacionadas ao bem-estar dos animais e a possibilidade de realizar denúncias sobre maus-tratos, além de sugestões.

A população de São Caetano conta também com uma Unidade Móvel de Ações Veterinárias, o "Pet Bus". O equipamento está semanalmente em diversos pontos da cidade e tem por objetivo promover ações como vacinação antirrábica, fornecer orientações, além de estimular a posse responsável de animais.

Foto: Du Merlino/PMSCS

27 de jul de 2010

Quinze animais ganharam
novo lar no domingo

O DVS (Departamento de Vigilância à Saúde) de Santo André, por meio da GCZ (Gerência de Controle de Zoonoses), realizou no último domingo, no Parque Central, mais uma edição da Adotanimal, feira gratutira de adoção. No total, 15 animais de estimação (dez cães adultos e cinco gatos) ganharam um lar.

Os animais saíram da feira com RGA (Registro Geral de Animal) cadastrado em nome do adotante. Os cães e gatos já estavam castrados, vacinados, vermifugados, de banho tomado e com antipulgas.

No ano passado, o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) doou 135 gatos e 361 cães para a realização do evento, número considerado expressivo. O Adotanimal vem crescendo a cada edição, assim como a quantidade de animais adotados.

Como adotar – Para adotar um novo amigo, os donos devem ter mais de 18 anos, apresentar RG, CPF e comprovante de endereço, além de passar por entrevista com uma das veterinárias do CCZ a fim de receber informações sobre cuidados a partir da aquisição, como alimentação, vacinas e dicas de educação e posse responsável.

África do Sul se mobiliza em
busca de tigre doméstico fugitivo

Um grande movimento está sendo realizado na manhã desta terça-feira no leste da África do Sul, numa tentativa de capturar um tigre doméstico fujão, que se aproveitou de uma saída em viatura para escapar, segundo a encarregada da busca.

"O tigre conseguiu fugir na província de Mpumalanga", declarou à AFP Brenda Santon, da SPCA (Sociedade de Prevenção da Crueldade contra os Animais), responsável pela caçada.

"Recomendamos à população para se manter afastada do animal", acrescentou, destacando sua periculosidade. "Não é correto manter tigres como animais domésticos. Eles devem viver na selva", destacou.

Mais de 10 mil fazendeiros das redondezas, com a ajuda de um helicóptero, participam junto com a SPCA da busca, segundo a rádio privada 702.

Os tigres não são uma espécie endêmica no continente negro, mas a África do Sul abriga centros de proteção e de reprodução desses grandes felinos.

Apesar das advertências da SPCA, a proprietária do animal chamado Panjo, 17 meses, aconselha pela rádio a qualquer pessoa que cruze com o felino em seu caminho para falar com ele "como se fosse um cão", mostrando-lhe um bastão e dizendo um "não, severo".

Texto: AFP

26 de jul de 2010

Quero saber mais...

Na seção de hoje, vamos conhecer um pouco sobre os Labradores.


De temperamento dócil, inteligente, companheiro e brincalhão, os labradores também têm suas responsabilidades: são treinados para resgate de pessoas, trabalham como cães-guia e terapeutas.

Esbanjam energia – não há quem não fique cansado com um filhote desses em casa - e são excelentes companheiros das crianças. Os labradores estão sempre dispostos a brincar e a passear e têm um humor sensacional.

Quem deseja ter uma dessas “fofurinhas” deve se lembrar que o padrão de tamanho para as fêmeas varia entre 54 e 56 cm e os machos entre 56 e 57 cm, chegando a pesar em média 37 e 42 quilos. É preciso ter um bom espaço para o seu amigo se desenvolver de forma saudável, já que a obesidade em cães que não se exercitam pode acarretar muitos problemas de saúde.

Uma dica: se durante um passeio você avistar um lago, mar, piscina ou até mesmo um chafariz, segure-o firme, pois em um simples descuido o seu cão estará lá dentro na maior alegria, são loucos por água.

O ABC dos Bichos estréia hoje a seção “Quero saber mais...”. Toda segunda-feira, uma nova coluna trará informações e curiosidades sobre o seu pet favorito. Envie para o nosso e-mail abcdosbichos@gmail.com, sua sugestão de raça e, na próxima semana, o animal mais votado ganha uma seção especial.

Foto: Official Labrador Guide

Resgatar animais de
rua exige cuidados

Pessoal, segue uma matéria publicada no site do Diário do Grande ABC em novembro de 2008 sobre os cuidados que devemos ter ao retirar um animal da rua. Além de informações sobre como interagir com um cão ou gato abandonado, a reportagem traz, ainda, relatos emocionantes de que não virou as costas para um bicho que estava sofrendo. Espero que gostem!

Resgatar um animal abandonado é um ato de amor, mas requer cuidados especiais para que o novo morador da casa não transmita doenças para humanos ou contamine outros bichos de estimação. Para que a boa ação não se torne desastrosa, o dono deve estar disposto a dispensar muita atenção e carinho e a gastar com cuidados veterinários.

A lista de moléstias transmissíveis entre animais e humanos é extensa. "Há doenças de pele, micoses, sarnas, além da leptospirose, que os animais contraem através do contado com a urina do rato; e a raiva, por meio da mordedura de morcegos", explica o chefe da Divisão de Veterinária e Zoonoses de São Bernardo, Paulo Francisco dos Santos.


No entanto, o fato de o animal estar debilitado não deve ser um impedimento para dá-lo a chance de ter uma nova vida, já que grande parte das moléstias pode ser identificada e, principalmente, evitada, com certa facilidade. "A maioria das doenças tem sintomas visíveis, a própria aparência do animal já indica se ele está doente. No entanto, somente um clínico poderá constatar se ele tem algo ou não", orienta Santos.

Os cuidados devem começar já na retirada de um cão ou gato da rua. "Um animal pode reagir de maneira violenta, tanto por medo como por se sentir ameaçado. Muitas vezes ele pode ter dores em conseqüências de traumas ou acidentes", explica o diretor do curso de Veterinária e do Hospital Veterinário da Uniban, José Alberto Pereira da Silva. "Ao se aproximar do animal, fique com as mãos expostas e, de preferência, dê algo para ele comer", completa.

Após o resgate, a primeira providência é levar o cão ou gato a um veterinário. "Antes de colocar esse animal no convívio de outros é necessário fazer uma consulta preventiva. Verificar se ele tem doença de pele, fazer exames de fezes, urina e sangue. Além dos exames clínicos, o veterinário irá orientar sobre banhos para conter possíveis parasitas, como piolhos e carrapatos", aconselha Silva. Nesse processo o novo animal também receberá as vacinas, como as de raiva, e deverá ser esterilizado.

Antes da confirmação de que o animal está sadio e livre de pragas, ele deve ficar separado de outros bichos e não deve transitar pela casa. "Um animal aparentemente sadio pode ser portador de doenças para os humanos", adverte o professor de veterinária. "A quarentena é muito relativa. Esse período de separação deve ser dado pelo profissional que atendeu o animal", comenta.

Nova chance
- Um gato machucado e quase morto literalmente cruzou o caminho do professor de Educação Física Mauricio Gawendo, 39 anos. "Ele estava atravessando e caiu cambaleante no meio da rua. Tinha várias feridas e estava cheio de larvas", conta. A primeira providência foi levar o animal ao veterinário. "Estava totalmente debilitado, ferido, desnutrido e desidratado."Maurício e seu gato/Arquivo Pessoal

A clínica para onde o gato foi levado chegou a aconselhar a eutanásia, hipótese que foi descartada por Gawendo. Foram meses de tratamento com remédios, curativos e, principalmente, muitas despesas. Porém, o sacrifício valeu a pena.

"Dois dias depois de ser resgatado, ele não andava e mal levantava a cabeça, comia na mão e tomava água na seringa. Quatro meses depois, estava totalmente recuperado, pesando quatro quilos", relata.

"Espero que o meu exemplo mostre a todos que é possível salvar um animal desacreditado, maltratado, largado na rua, como muitos que todos provavelmente já viram nas marginais e beiras de estradas", aconselha o professor.

A evolução do quadro clínico do gato, que recebeu o nome de Street (rua em inglês), pode ser conferida em diversos vídeos feitos por Gawendo postados o YouTube. No primeiro, feito três meses após o resgate, Street ainda anda com dificuldade. Na última postagem, dez meses depois, o gato já tem vida normal.

O gerente Euclides José Lanzarin, 46 anos, vivenciou a situação de Gawendo em pelo menos 21 ocasiões. Dono de 22 cães - apenas um comprado, da raça labrador - Lanzarin não fica indiferente quando se depara com um animal abandonado na rua.

Grande parte dos animais que cria já foi vítima de maus tratos. "Tenho um cachorro com 14 anos, nenhum cão sobrevive tanto tempo na rua. Ou seja, ele teve um dono que em um determinado momento não o quis mais", relata. "Tenho outro que foi amarrado em um poste, levou um tiro no olho e não morreu. Ficou tão traumatizado que quando alguém batia palmas ele se urinava", conta.

Com tantos cães, Lanzarin fica atento com os cuidados veterinários de cada animal que traz para casa. "Pego o cachorro e no mesmo dia levo ao veterinário, verifico se dá para castrar, vacinar. Se o cachorro está muito doente ele fica internado", relata. E aconselha: "Quando resgato um cão tenho o compromisso de amá-lo e cuidá-lo pelo resto de sua vida. Se você tirar da rua só por tirar com certeza vai voltar a abandoná-lo."

Outros animais
- A adaptação com os animais que já moram na casa nem sempre é fácil, sobretudo quando se trata de gatos. "Precisa de muita paciência. É como quando você tem filhos e recebe a visita de um priminho. Os animais são muito ciumentos dentro daquilo que chamamos de domínio de território", explica o veterinário da Uniban.

De acordo com José Alberto Pereira da Silva, a primeira exposição do novo animal deve ser gradativa e supervisionada. "Se houver uma empatia não haverá risco algum. Mas o novo animal poderá fazer um ato que parecerá hostil ao outro e o dono deverá impedir essa agressão", avisa.

Silva explica que a aproximação costuma ser mais complicada no caso de felinos. "Os gatos têm muito apego ao seu território, então eles reagem de uma maneira mais ''irracional''. Costumo dizer que o cão é da casa e o gato é o dono casa", exemplifica.

Uma dica, que funciona tanto para gatos quanto para cachorros, é evitar acariciar o novo animal na frente do antigo. "O ideal é mostrar afeto pelo antigo morador da casa para que os dois possam conviver harmoniosamente", afirma. Em casos extremos, o veterinário aconselha procurar um especialista em comportamento animal.

Confira algumas dicas para resgatar e abrigar um animal com segurança:

- Ao retirar um animal da rua, evite acondicioná-lo em caixas de papelão. Utilize caixas de transporte adequadas para essa finalidade;

- Leve-o imediatamente ao veterinário. Somente um profissional poderá atestar a saúde do seu novo bichinho;

- Destine um cômodo da sua casa para abrigar o animal, independentemente de você ter outros bichos;

- A primeira higienização deve ser feita em pet shop, sob a supervisão de um veterinário. Somente dê banho em casa se tiver a certeza de que o animal é dócil e com o aval de um profissional;

- Banhos higiênicos devem ser dados em casa com sabonete e shampoo neutro ou específico para animais. Não use produtos medicamentosos, como anti-pulgas, pois eles podem causar intoxicação.

- Apresente o novo animal aos demais aos poucos. Nunca force uma aproximação;

- Um dono responsável controla a reprodução de seus animais. Além da castração, há meios de se esterilizar um animal, como a laqueadura. Lembre-se que injeções hormonais podem dar câncer;

- Mantenha o ambiente que abriga o novo animal limpo e arejado. A água deve ser fresca e trocada diariamente. Dê preferência às rações "premium", de qualidade superior. Elas são mais caras, mas dão mais saciedade e equilibram o odor das fezes;

- Tenha paciência. Animais de rua são, muitas vezes, vítimas de maus tratos e podem ser arredios e agressivos. Porém, com paciência e amor é possível conquistar a confiança do bichinho.

Texto: Fabiana Piasentin
Foto: Arquivo pessoal

23 de jul de 2010

Santo André terá feira
de adoção neste domingo

A CGZ (Gerência de Controle de Zoonozes) de Santo André realiza neste domingo mais uma edição da Adotanimal - Feira de Adoção Gratuita de Animais. O evento, que disponibilizará 20 animais para adoção, entre cães e gatos, ocorre no Parque Central, próximo ao playground.

A Adotanimal terá a participação da Equipe Singulariana de Proteção Animal (Colégio Singular), que vai orientar sobre posse responsável àqueles que adotarem os animais disponíveis. Os cães e gatos adultos já estão castrados, vacinados, vermifugados, de banho tomado e com antipulgas.

Os animais terão RGA (Registro Geral de Animal) cadastrado em nome do adotante e, caso sofram maus tratos ou abandono, o proprietário será responsabilizado, respondendo legalmente pelo ato. No ano passado, a CGZ doou 135 gatos e 361 cães.

Os futuros donos devem ter mais de 18 anos, apresentar RG, CPF e comprovante de endereço, além de passar por entrevista com uma das veterinárias do CGZ para receber informações sobre cuidados como alimentação, vacinas e dicas de educação e posse responsável.

Serviço:
Adotanimal – Feira de adoção de animais
Domingo (25) no Parque Central, das 10h às 16h.
Avenida José Bonifácio, s/n – Val Paraíso, Santo André.

Meu pet é o bicho!

A foto da seção de hoje “Meu pet é o bicho!”, é da Mel de 11 meses, mestiça de labrador, que foi adotada do Centro de Zoonozes de São Bernardo do Campo pelo casal Jéssica e Adriano, moradores de Santo André.


“Eu sempre gostei de cachorros mas não tinha onde criar, quando mudei para esta casa maior, resolvi adotar um cãozinho, como dizem: “O cachorro é quem escolhe o dono”, eu já havia gostado dela quando vi as fotos, então quando fui até lá olhar os filhotes pessoalmente, ela foi a única que levantou da caminha e veio na minha direção, então não tive dúvidas, seria ela que traria mais alegria pra minha família”, lembra.

A primeira vez que colocaram ela pra dormir fora de casa, lembrando que ela tem um quarto só dela, com casinha, cobertores e brinquedos, ficaram morrendo de dó porque ela chorou muito.

Ela é muito brincalhona e bagunceira, adora brincar de bola e com bichos de pelúcia, ainda está naquela fase de filhote, então não podem deixar muitas coisas ao seu alcance, adora destruir também meias além de torneiras.

Seu animal de estimação pode ter um dia de celebridade! Envie fotos do seu bichinho para nós, que divulgamos na seção semanal “Meu pet é o bicho!”.

Mande fotos com boa resolução para abcdosbichos@gmail.com e faça uma breve descrição do pet (raça, nome e idade) e do seu dono (nome, idade, profissão, cidade).


Foto:Arquivo Pessoal











20 de jul de 2010

Brida procura seu dono


Brida, uma SRD de cerca de cinco anos, está à procura de seu dono. Ela foi resgatada no último dia 15, nas proximidades do Hospital Brasil, em Santo André, pela Eliana, que afirmou que a cadelinha estava bem cuidada e aparentava estar perdida. Ela adora andar de carro e, por isso, levanta ainda mais a suspeita de que tinha uma família.

A protetora independente Rose está cuidando de Brida. Caso o dono não apareça, ela será castrada e encaminhada para adoção. Quem tiver informações sobre o paradeiro da família de Brida pode entrar em contato com a Eliana pelo telefone (11) 9601 0045 ou pelo email: elipeste@uol.com.br.

Foto: arquivo pessoal

19 de jul de 2010

Cães estilosos invadem as
ruas de Campos do Jordão

Texto e fotos: Fabiana Piasentin e Carolina Lopes

Inverno em Campos do Jordão é sinônimo de casacos, botas, cachecóis, chocolate e cerveja escura, certo? Errado! No último final de semana, as ruas do bairro Capivari foram tomadas por focinhos, orelhas atentas e muitas, mas muitas patinhas estilosas.

O cenário atípico tinha uma explicação: a 8ª edição do Passeio de Cães, promovida pelo Market Plaza com patrocínio da Purina. Cerca de 500 cachorros, acompanhados de 2,4 mil pessoas, marcaram presença no evento. Além de desfilar e concorrer a prêmios em 11 categorias, os participantes conferiram ainda um show de cães adestrados.

O frio e a garoa não espantaram entusiastas como Rogério Cantoni, dono da sheepdog Laila, de 7 anos. “Sou de São Paulo, mas moro em Campos. É a primeira vez que participamos e a Laila está adorando”, contou. Novidade para uns, rotina para outros. Caso do beagle Butter, de 3 anos, um “veterano” no evento. “Ele participa desde pequeno. No primeiro ano veio até no colo”, disse seu dono, Bruno Degli.

Ronnie Von, cantor e apresentador do programa Todo Seu, da TV Gazeta, foi o padrinho da 8ª edição do Passeio. “Estou muito honrado por estar aqui premiando esses cachorros que fazem tão bem para a gente, mais do que muitos humanos”, disse. Como todo evento em Campos que se preze, outros artistas também animaram a festa, como o ator Vitor Fasano e a galera do programa Pânico na TV.

O evento premiou cães e donos que se destacaram nas categorias “Cão mais Bonito”, “O Cão mais Parecido com o Dono”, “O maior Cão”, “O menor Cão”, “O Cão mais Original”, “O Dono mais Bonito”, “A Dona mais Bonita”, “O Cão mais Chique”, “A Maior Família de Cães”, “100% Vira-Lata” e “Prêmio Especial do Júri”. Cada vencedor levou para casa uma cafeteira Dolce Gusto, produtos para deixar o seu cão mais estiloso e um banho e tosa.

As repórteres viajaram a convite da organização do evento
Alguém viu um Golden por aí?

É muita fofura para uma foto só
"Hey, este terno está apertado!"
Esta vovó tem 14 anos. E foi premiada em todas as edições do passeio
O evento é de cães, mas também encontramos gatos ;)
Butter, o beagle veterano
Laila: "estou adorando o evento!"

Exercitar seu cão é saúde garantida.

Muitas pessoas não tem muito tempo pra se dedicar aos seus melhores amigos. Eles precisam de exercício para controle de peso, além de controlar o nível de estresse e ter uma qualidade de vida melhor. Imagina você trancado dia e noite no seu apartamento? É aí que entra a opção por um esporte chamado Agility.

O que é o Agility?

Baseado em provas hípicas, o Agility consiste em fazer o cão percorrer um circuito de obstáculos no menor tempo possível e com o menor número de faltas. Se as regras não forem seguidas, a dupla condutor/cão será desclassificada. Como esporte, além de nos deixar em forma juntamente com nosso fiel companheiro, ajuda a fazer novos amigos e age como uma terapia anti-stress. É realmente relaxante e prazeroso.

Não ter a disponibilidade de tempo, dinheiro ou qualquer outro motivo para freqüentar uma escola especializada no esporte, não significa que não possa fazer o “Agility Caseiro".

Saiba mais acessando www.agility.esp.br e fique sabendo sobre esse esporte incrível, que aumenta o elo entre você e seu melhor amigo e pode ser praticado em casa, você ainda participa de enquetes, esclarece as suas dúvidas, assisti a vídeos básicos dos primeiros passos de como começar a treinar.

foto: Arquivo pessoal



Gatos: mais humanos
que muita gente!

Para alguns eles são arrogantes. Para outros, os gatos são inteligentes e exigentes. Fato é que os felinos são sabidamente mais higiênicos que os demais pets. Eles precisam de uma área específica para suas necessidades, que deve ser afastada do local onde se alimentam. Até aí tudo bem, né? Alguém gosta de comer no banheiro?

Além disso, os bichanos gostam de se locomover, tomar sol e brincar. E, embora vivam bem sozinhos, também sabem dar valor a uma boa companhia. Portanto, se você não tem muito tempo para o seu gato, presenteie-o com um irmão felino.

Sabemos que, às vezes, bate aquela preguiça e você acaba comendo uma porcaria qualquer. Mas nada como ter uma refeição gostosa e nutritiva, não é? Com os felinos, a história é a mesma. O único gato que vive à base de lasanha e tem uma saúde de ferro é o Garfield.

Opte por rações que contenham antioxidantes - que auxiliam na manutenção das defesas naturais do organismo -, cálcio - para fortalecer os dentes -, carboidratos - para garantir mais energia – e, ainda, proteínas de alta qualidade para o fortalecimento dos músculos. A saúde de um gato se nota em sua aparência.

Por fim, para aliviar o estresse – sim, eles também se estressam, ora bolas! – e tornar a vida do seu gato mais alegre, ofereça brinquedos como ratinhos de tecido e bolinhas, e um bom arranhador. O seu sofá agradece!

Fonte: Nestlé Purina
Foto: Mudinha esperando o almoço. Arquivo pessoal

18 de jul de 2010

Abandono de animais
cresce nas férias

Oi pessoal, tudo bem?

Vocês sabiam que o abandono de cães e gatos durante o período de férias cresce cerca de 80% na região? Nos meses de janeiro e julho cerca de 4.000 animais são deixados nas ruas do Grande ABC, segundo levantamento da Aspapet (Associação Paulista de Pet Shops).

Confira a matéria completa da Fernanda, publicada ontem no Diário. Clique aqui para ler.

16 de jul de 2010

Zoonoses de SP promove evento
sertanejo para estimular adoção

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) realiza amanhã (17) a “Sercãoneja”, iniciativa que tem por objetivo estimular a adoção e a posse responsável de cães e gatos na cidade de São Paulo. O evento acontecerá das 10h às 16h na sede do CCZ em Santana, na Zona Norte da Capital.

Durante a festa, diversos cães e gatos abrigados no CCZ estarão disponíveis para adoção. Há animais de diferentes portes, idades e aparência. De várias cores, sem raça definida, filhotes e adultos, deficientes físicos, além de alguns cães da raça pit bull já socializados, ou seja, preparados para o convívio familiar.

Para ajudar no processo de escolha dos eventuais adotantes, haverá desfiles dos animais em trajes típicos sertanejos, em horários específicos: às 11h e às 14h. Para propiciar uma maior interação com os futuros donos dos animais, durante os intervalos, alguns deles passearão entre o público presente. Os visitantes também poderão testemunhar um dos momentos mais emocionantes da festa, que é a concretização da adoção e a saída do animal, com o adotante, para o seu novo lar.

Shows com as duplas sertanejas David e Maciel e Di Biase e Gabriel, e atividades voltadas especialmente para a garotada, como pinturas faciais, escultura de balões e presença de palhaços e animadores, também farão parte do evento. A entrada é gratuita.

Informações para adoção – Todos os animais abrigados no CCZ são vacinados (contra a raiva e contra outras doenças específicas de cada espécie), esterilizados, microchipados, tratados contra pulga e carrapato e vermifugados. Os interessados devem levar guia para os cães e caixa de transporte para os gatos e os seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de residência.

A taxa referente à adoção é de R$ 15,25 e o RGA (Registro Geral do Animal) é emitido na hora. Os novos proprietários recebem informações sobre guarda responsável do animal e outras orientações fornecidas pelos técnicos do CCZ.

Serviço:
Evento: Sercãoneja
Data: 17 de julho (sábado)
Horário: das 10h às 16h
Desfile de cães: dois horários - às 11h e 14h
Local: Centro de Controle de Zoonoses
Endereço: Rua Santa Eulália, 86, Santana (ao lado do Metrô Carandiru)
Entrada franca

CCZ de Guarulhos promove
feira de adoção no domingo

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Guarulhos, na Grande São Paulo, realiza neste domingo (18) uma feira de adoção de animais, com 56 cães e cinco gatos. O local estará aberto das 9h às 15h para quem quiser levar um bichinho para casa. Todos os animais estão sadios, castrados, vacinados, microchipados e medicados contra vermes.

Para adotar um amiguinho não é preciso pagar nada. Basta ser maior de 18 anos, apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Com o objetivo de facilitar o acesso da população ao local, será oferecido transporte gratuito, saindo do Bosque Maia (Centro) em três horários, às 9h, 11h e 14h. Os retornos serão às 10h, 12h e 15h.

A Secretaria Municipal de Saúde aposta no espírito solidário das pessoas para conseguir um lar para cães e gatos abandonados nas ruas da cidade. Além de ser crime, o abandono de animais domésticos acarreta acidentes de trânsito e doenças. Além das feiras realizadas aos domingos, o CCZ desenvolve um programa de incentivo à adoção e à posse responsável de animais todos os dias da semana.

O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O CCZ de Guarulhos fica na Rua Santa Cruz do Descalvado, nº 506, no Jardim Triunfo (região de Bonsucesso). O telefone de contato é o 2436-3666.

Cão celebridade visita
Santo André neste domingo


Vocês lembram do Max, o golden retriever que participou do reality show A Fazenda, da Rede Record? Pois é, o cão celebridade estará em Santo André neste domingo (18) para uma sessão de fotos e truques.

Max vai encontrar os fãs no Hospital Veterinário Doutor Hato, na Avenida Dom Pedro II, 3309, divisa com São Caetano. Ele chega as 11h e vai embora às 14h.

Quem não puder comparecer ou quiser saber mais sobre o Max pode segui-lo no twitter (@caomax). Lá você encontra dicas sobre alimentação e cuidados especiais com golden retriever e outras raças.





Foto: Divulgação

Internacional Shopping Guarulhos
realiza a 5ª Feira de Adoção

No próximo domingo (18), o Internacional Shopping Guarulhos realizará a 5ª edição da Feira de Adoção de Animais, em parceria com a ONG Deixe Viver e com a UnG (Universidade de Guarulhos).

O evento acontece dentro do shopping, das 13h às 18h, e terá exposição de cães e gatos, machos e fêmeas de todas as idades, já castrados e vacinados. Os animais ficarão disponíveis para adoção gratuita.

Os interessados devem ter mais de 18 anos e apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de residência para assinar o termo de adoção e levar o bichinho para a casa.

Nas edições anteriores da feira, realizadas desde novembro do ano passado, mais de 100 animais expostos foram adotados. O sucesso estimulou o shopping e a universidade a organizarem edições periódicas deste evento. "O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da adoção e dos cuidados que se deve ter com os animais", afirma o superintendente do Internacional Shopping Guarulhos, Reginaldo Lara. "Esperamos superar ou pelo menos manter o resultado das primeiras feiras", diz.

Serviço:
Local: Internacional Shopping Guarulhos - Antiga Cervejaria Paulista
Quando: 18 de julho, das 13h às 18h
Gratuito
Mais informações: www.internacionalshopping.com.br

Meu pet é o bicho!

As fotos da seção de hoje do “Meu Pet é o Bicho!” é da Danny, uma Golden Retriever de 06 anos e sua “irmã” Jullie, uma Pastora Alemã de 04 anos.

Oi pessoal, meu nome é Amanda, tenho 10 anos, moro em São Paulo com meus pais, minha irmã Aline de 05 anos e minhas duas cachorras e gostaria de contar um pouco sobre cada uma.

“A Danni é super carinhosa e brincalhona. Quando ela chegou em casa, tinhamos um jardim lindo de Pingo de Ouro, em uma semana aquilo virou um nada hahaha, porque foi todinho comido, arrancado e degustado,” lembra.

“A Jullie já é mais bagunceira, vive atormentando a Danni, mas elas se entendem no final, ufa, ainda bem. Quando a Jullie chegou em casa, a primeira coisa que ela reparou era que tinha o jardim cheio de terra que a Danni tinha destruído, ela deitava lá e se sujava toda. Pegamos a Danni e a Jullie porque os 3 cães que tinhamos morreram e não conseguiamos ficar sem de tanto que amamos os animais. Agora se tivesse um troféu da mais levada das duas, com certeza seria a Jullie”

Seu animal de estimação pode ter um dia de celebridade! Envie fotos do seu bichinho pra nós, que divulgaremos na seção semanal “Meu pet é o bicho!”.

Mande fotos com boa resolução para http://www.blogger.com/abcdosbichos@gmail.com e faça uma breve descrição do pet (raça, nome e idade) e do seu dono (nome, idade, profissão, cidade).

foto: Arquivo pessoal

15 de jul de 2010

Algumas perdas e vitórias...Mas vamos seguindo em frente...

Desde que me conheço por gente, já tinha bichos na minha casa, cães: o Nego que era peluuudo e bonito, depois veio o Banzé, um lulu amarelo, um viveiro enorme de passarinhos, uma coelha “a margarida” e também um filhote de jacaré achado no meio da estrada pelo meu pai voltando do Mato Grosso, tratado e levado ao zoológico uma semana depois...Poxa eu queria ele pra mim hihihihi, tinha dado até nome: Poncho.

Quando eu ficava sabendo que uma vizinha tinha ganho um bichinho de estimação eu ia lá correndo visitar e levava um “mimozinho” como shampoo, biscoitos, guias e etc.

Lembro de uma vez que abri a porta da carrocinha...rsrs foi mágico ver os cães saindo correndo e saltitantes de felicidade, o que não foi muito agradável foi olhar pra trás e ver o motorista correndo atrás de mim me passando uma rasteira rsrsrsrs, eu caí e me ralei toda, fiquei com hematomas enormes, fui parar no hospital, mas os cães estavam livres de novo.

Agi certo? Agi errado? Não importa, eu havia salvado naquele dia 03 vidas...e dormi em paz, ou quase em paz, pelos ferimentos é claro rs.

Me tornei adolescente e comprei o Vini Terra Nova, um cocker dourado, lindíssimo que era de uma senhora deficiente e como todo filhote era arteiro, então a mulher quis “vendê-lo” novamente, eu comprei.

Ele ficou comigo 16 anos, passou por vários problemas de saúde, mas um dia não quis mais sofrer e partiu.

O Vini aprontou muito, eu peguei uma cachorrinha na rua, a Neguinha e coloquei no meu quintal com a esperança de cuidar e depois doar, que ilusão a minha, dela nasceram 12 filhotes mestiços de cocker...rs isso mesmo, o Vini era papai.

Consegui doar 10 filhotes, mas fiquei com a Brisa e o Negão que até então eu tinha colocado o nome de Átila, mas minha mãe o chamava de Negão...rs ai ficou né?

A Neguinha ficou comigo pouco tempo, parece que veio apenas com o propósito de ser mamãe, apenas de dar a luz aos lindos filhotes e 06 meses depois, partiu.

A Brisa ficou comigo por apenas 5 anos e desenvolveu diabetes, uma doença na época não muito esclarecida em cães, que fez com que minha gorducha fosse embora sem ao menos ficar doente (aparentemente) depois de uns longos anos, meu tão lindo e amado Negão nos deixou também, e por ironia do destino, o Vini partiu 10 dias depois.

Meu Deus quantas perdas? A casa vazia, a dor de uma perda de um amigo é irreparável, como chegar em casa e não ver uma calda abanando? Onde foram? Por que foram? Que injusto? Não havia nada q se pudesse fazer, eles não voltariam mais.

Foi então que um dia, encontro uma amiga no Centro da Cidade que me diz: Lembra que você dizia que queria uma filhote de labrador? Filha da Cauana? Pois é Drika, nasceu, e você pode ir buscá-la.

Pensei por dois longos minutos rsrsrs e disse: Qual seu endereço mesmo??? rs

Hoje são meus companheiros, a Mellzinha, Labralata Preta, que coloquei no agility pra ver se acalmava um pouco, ilusão a minha...rs, o Pastor de Shetland, Fox Trote, um eterno “bagunceiro” e o Nathan “ vulgo minhoca”, Border Collie do meu tão amado namorado.

Sempre fazemos muitas coisas juntos, treinos de agility, piscina, passeios no parque, frisbee, bolinhas, tudo pra exercitar e plugar uma amizade mais intensa com nossos melhores amigos e que amigos né?

Faço sempre o que for melhor pelos bichos, seja eles de qualquer espécie, são bichos e por isso precisam muitas vezes de ajuda.

Foto: Arquivo Pessoal

Aos leitores muito prazer, sou a mais nova integrante dessa família “ABC dos Bichos”.

Abraços Drika

Empresas ajudam animais
atingidos por enchentes

As fortes chuvas ocorridas no mês de junho em Pernambuco prejudicaram também milhares de animais no Estado. Para ajudar os bichinhos atingidos, a Pedigree, em ação articulada pela WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), irá doar uma tonelada e meia de sacos de ração.

O alimento será entregue hoje na Gato Feliz e Cia, entidade afiliada à WSPA e localizada em Recife, e foi doado juntamente com comedouros da marca. A doação será distribuída pelas cidades afetadas com a ajuda de voluntários da Secretaria de Saúde de Pernambuco, de oficiais de controle animal e de ONGs locais, como a AADAMA (também afiliada à WSPA).

Além do sofrimento proveniente da perda dos seus lares e, muitas vezes, dos seus donos, grande parte dos animais apresenta escoriações e estão começando a mostrar sinais de desnutrição. Nessas condições de stress, falta de higiene e falta de alimento, a imunidade dos animais, e também das pessoas, fica comprometida e a incidência de transmissão de zoonoses, como a leptospirose, aumenta.

Vacinas – Os animais que ficaram desalojados são motivo de preocupação porque podem ser fonte de transmissão de doenças, como a leptospirose e a raiva. Para ajudar na prevenção dessas zoonoses, 500 doses vacinas Recombitek, da Merial, foram doadas pelo laboratório à WSPA e serão utilizadas pelos mais de 60 veterinários que estão trabalhando nas áreas afetadas.

De 67 municípios atingidos, 12 estão em estado de calamidade pública e cerca de 80 mil pessoas foram afetadas em todo o Estado. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, até hoje já foram confirmados 10 casos de leptospirose, e mais 64 estão sob suspeita.

Mutirão – Além da Secretaria de Saúde de Pernambuco e Recife, as secretarias do Cabo, Olinda, Jaboatão e Paulista se reuniram para um mutirão com o objetivo de cadastrar os animais dos abrigos e os animais errantes do município de Barreiros, um dos mais atingidos pelas chuvas em Pernambuco. Os animais cadastrados foram vacinados e identificados com coleiras e placas.

Morte de pit bull rende condenação

O segurança Mario Marcelo Silvério, 38 anos, foi condenado a dois anos de prisão, em regime aberto, pela Justiça de Ribeirão Preto (SP), por matar um cão da raça pit bull em 2009. Ele recorreu ao TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo e a pena foi mantida recentemente. O TJ só diminuiu a multa que ele terá que pagar, de dois para um salário-mínimo. Ainda cabe recurso ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília, mas o advogado de Silvério disse que vai esperar a publicação do acórdão do TJ, que foi unânime na manutenção da condenação, para analisar com seu cliente uma possível apelação em esfera superior.

Se a condenação for mantida, Silvério ainda terá de arcar com as despesas das custas processuais, no valor de 100 Ufesps. Silvério contou que, quando abriu o portão eletrônico numa manhã viu, de dentro de seu carro, um pit bull invadir o quintal e atacar seu pinscher. Após ser mordido, como último recurso, ele entrou em casa, carregou uma carabina calibre 22 com um projétil e disparou contra o pit bull. O cão saiu e morreu na rua, um pouco além de sua casa, no Jardim Jóquei Clube. Silvério informou que o cão vivia na rua, sem dono. Ele saiu para registrar o boletim de ocorrência. Porém, vizinhos teriam acionado a Polícia Militar, que entrou em sua casa e apreendeu a arma.

Fonte: AE

14 de jul de 2010

São Carlos faz censo de cães e gatos

Equipes de Agentes de Endemias da Prefeitura de São Carlos (a 230 quilômetros de São Paulo) estão percorrendo os bairros da cidade para realizar o Censo de Animais 2010. O mesmo levantamento foi realizado em 2008 e apontou 40.380 animais, entre cães e gatos, vivendo em residências.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que 40% das localidades já foram percorridas e o levantamento deve terminar até novembro deste ano. Um questionário é apresentado aos donos dos animais, especificamente de cães e gatos (devido à relação direta que eles têm com as pessoas). O objetivo é levantar informações sobre espécies, números de animais existentes em cada casa, se são castrados, entre outros.

O chefe da Divisão de Zoonoses da cidade, Guilherme Marrara, explica que o censo ajuda na implantação de políticas públicas de saúde. “Sabendo os bairros com maior número de animais, podemos trabalhar a profilaxia de doenças e ter uma maior organização para a Campanha de Raiva. Além de sabermos os bairros que necessitam mais urgentemente de campanhas de castração a baixo custo”, declara.

Desde 2001, a Prefeitura não utiliza mais a carrocinha, veículo que é sinônimo de violência e extermínio de animais. A administração municipal investe na educação e conscientização da população por meios de programas que incentivem a posse responsável de cães e gatos; controle populacional baseado na esterilização cirúrgica e definitiva desses animais; além do recolhimento seletivo, bem como a responsabilização dos proprietários.

O primeiro passo para que esses programas fossem implantados foi a aprovação da Lei Municipal nº 13.224, que autorizou o poder público a firmar convênios com entidades de proteção animal e com clínicas veterinárias. A partir daí começaram a ser desenvolvidos os programas Castração a Baixo Custo e Castração Gratuita.

Cadelinha de olhos claros
procura um novo lar

A Bianca é uma linda cadelinha de olhos claros, que foi resgatada na região de Osasco, na Grande São Paulo, e está à espera de adoção. Ela tem aproximadamente um ano e já foi castrada, vacinada e vermifugada.



Segundo a protetora Elisa, a Bianca é muito companheira, dócil e se dá muito bem com outros animais.

E com um olhar destes, quem resiste? Quem se interessar pela Bianca deve entrar em contato com a Elisa pelo e-mail zemanchabelinha@hotmail.com ou pelos telefones 7564-6058 ou 3781-1415.

Foto: Arquivo Pessoal

13 de jul de 2010

8º Passeio de Cães é atração
em Campos do Jordão

A oitava edição do tradicional Passeio de Cães pelas ruas do bairro de Capivari, em Campos do Jordão (SP), acontecerá no próximo sábado (17), a partir das 10h. O evento, realizado pelo Market Plaza, premiará os animais e donos que mais se destacarem em onze categorias: Cão mais Bonito; Cão mais Parecido com o Dono; Maior Cão; Menor Cão; Cão mais Original; Dono mais Bonito; Dona mais Bonita; Cão Mais Chique; Maior Família de Cães; 100% Vira-lata; Prêmio Especial do Júri.

O 8º Passeio de Cães terá patrocínio da Purina, que programou diversas atrações para os visitantes. Durante o percurso, os animais terão direito a uma dog tag (onde serão gravados o nome do animal e telefone do dono), sessão de fotos e parada da beleza, onde os pets receberão um tratamento especial. Além disso, os participantes poderão assistir a um show de agility, com cães adestrados.

Serviço:
8º Passeio de Cães
Local: Shopping Market Plaza
Endereço: Avenida Macedo Soares, 499, Capivari / Campos do Jordão – SP
Data: 17 de julho
Horário da concentração: a partir das 9h
Horário do passeio: das 10h às 12h

9 de jul de 2010

Meu pet é o bicho!

A foto da seção de hoje do "Meu Pet é o Bicho!" é da SRD Meg, que foi adotada com cerca de dois anos no CCZ de São Paulo. O dono, Sérgio Cordeiro Jr., 27, conta que decidiu adotar um novo cão após a morte de sua cachorrinha, que tinha 16 anos.

”Fiz uma pesquisa no site www.queroumbicho.com.br, que reúne animais de vários CCZs, e vimos a Meg. Fomos conhecê-la pessoalmente em um dia e, confesso, ela não nos deu muita bola. No segundo dia voltei e entrei na baia dela, e para minha surpresa ela já veio fazendo festa”, lembra.

Apesar de ser adulta, a Meg não deu trabalho ao Sérgio. “Ela sempre se comportou de forma exemplar. Espero que, com isso, quem esteja pensando em ter um cão não tenha medo de adotar um adulto, pois são muitos os que aguardam um lar e já não são mais filhotes.”

Seu animal de estimação pode ter um dia de celebridade! Envie fotos do seu bichinho para nós, que divulgaremos na seção semanal “Meu pet é o bicho!”.

Mande fotos com boa resolução para abcdosbichos@gmail.com e faça uma breve descrição do pet (raça, nome e idade) e do seu dono (nome, idade, profissão, cidade).

8 de jul de 2010

Lar, doce lar


Pessoal,

Vocês lembram da Zoli, uma cadelinha de 5 anos que estava desaparecida desde o último dia 28 em Santo André? Por sorte ela foi encontrada e devolvida a dona, Cláudia Ávila, nesta terça-feira (8).

Segundo Cláudia, a Zoli foi resgatada por uma alma caridosa na marginal do Rio dos Meninos, bem próximo ao CCZ de Santo André. Agora a família está reunida novamente e feliz.

Boa sorte, Zoli e nada de fugir de novo, hein!

7 de jul de 2010

Agende-se: 25 eventos
de doação de cães e gatos

O site Olhar Animal divulgou uma agenda com 25 eventos de adoção de cães e gatos, que acontecerão até o próximo domingo (11) em todo o País. Confira:

Distrito Federal
10/07: Feira de Adoção SVPI - Asa Sul – Brasília/DF

Paraná
10/07: Feira "Eu adotei um animal de rua. E você?" - Jardim Social – Curitiba/PR
10/07: Feira Permanente de Adoção de Animais - Centro – Campo Largo/ PR
11/07: Evento de Adoção de Cães e Gatos - Centro Cívico – Curitiba/PR

Rio de Janeiro
10/07: Adote um Bichinho e Salve uma Vida - Tijuca – Rio de Janeiro/RJ
10/07: 52ª Campanha de Adoção do SOS Vida Animal - Copacabana – Rio de Janeiro/RJ
10/07: 1° Expo Intermunicipal de Cães & Gatos - Centro – Petrópolis/RJ
10 a 11/07: Feira de Adoção do Grupo EstimAção - Alto – Teresópolis/RJ
11/07: Feira de Adoção do Abrigo da Serra - Lagoa Rodrigo de Freitas – Rio de Janeiro/RJ

Rio Grande do Sul
10/07: Arca dos Bichos - Bom Fim – Porto Alegre/RS
10/07: Feira de Adoção de Cães e Gatos do CAPA! - Boqueirão – Passo Fundo/RS

Capital e Grande São Paulo
10/07: Feira de Adoção Toca dos Gatinhos - Bela Vista - Consolação – São Paulo/SP
10/07: Feira de Adoção dos Anjos dos Bichos - Alphaville – Barueri/SP
10/07: Feira de Doação de Cães e Gatos - Higienópolis – São Paulo/SP
10 a 11/07: Feira de Doação de Cães e Gatos - Ipiranga – São Paulo/SP
10 a 11/07: APAA Feira de Adoção de Animais - Santo Amaro – São Paulo/SP
10/07: Feira dos Protetores Independentes Amigos dos Animais - Jd. Tranquilidade –
Guarulhos/SP
10/07: Feira de Adoção Deixe Viver - Vila Augusta – Guarulhos/SP
10/07: Feira de Adoção União SRD - Pompéia – São Paulo/SP

São Paulo – Interior
10/07: Feira de Doação de Animais - Jd. Maria Augusta – Taubaté/SP
10/07: Feirinha de Adoção SOS Animais Abandonados - Anhangabaú – Jundiaí/SP
10/07: Feira Permanente de Adoção de Cães e Gatos - Satélite – São José dos Campos/SP
10/07: Feira Permanente de Adoção - Centro – Jacareí/SP
10/07: Feira de Adoção Permanente - Parque Industrial – São José dos Campos/SP
10 a 11/07: Projeto "Adote um Amigo" IEPA - Jardim Satélite – São José dos Campos/SP

Para mais detalhes sobre os eventos acesse: www.olharanimal.net/eventos-de-adocao

6 de jul de 2010

Brad faleceu e Angelina
precisa da sua ajuda!

Uma notícia muito triste: vocês lembram do Brad (akita ‘loiro’) e da Angelina (mistura de daschund com vira-lata)? Relembre a história aqui.

Eles formavam um lindo e inseparável casal que vivia nas ruas do Centro de Diadema. Infelizmente,o Brad teve uma doença renal e faleceu. Apesar de ter recebido o cuidado de pessoas especiais, ele estava muito fraco e não resistiu (Saiba mais aqui).



A protetora Janaina assumiu todas as despesas da internação, mas não tem condições de arcar com o alto valor sozinha. Quem puder ajudar deve entrar em contato pelo e-mail jvidal.rocha@gmail.com ou pelo telefone 8652-9512.

A companheira de Brad está agora sozinha e triste, precisando de um lar com muito carinho para que possa superar a dor dessa perda. Abra seu coração e adote a Angelina!

Fotos: Arquivo pessoal

4 de jul de 2010

Grande ABC ganha 'Samu' para animais

Pessoal,

O Diário publicou uma matéria neste domingo sobre uma equipe especializada em resgate de animais no Grande ABC. Muito legal saber que existe um serviço, mesmo que particular, para as horas de emergência. Clique aqui para ler.

2 de jul de 2010

Procura-se Zoli


A cadela Zoli, de 5 anos, fugiu de casa no último dia 28 durante o jogo entre Brasil e Chile, na Copa do Mundo, na Rua dos Jequitibás, Bairro Campestre, em Santo André. Segundo a dona, Claudia Ávila, a cachorrinha se assustou com os fogos e acabou escapando pelos vãos do portão.

Quem tiver qualquer informação sobre a localização de Zoli, por favor, entre em contato com a Cláudia pelos telefones (11) 6404-8745/ 3565-3214/ 9654-7140 ou pelo email: cla@sgscts.general.com.br.

Foto: arquivo pessoal

Disqus for ABC dos Bichos