25 de nov de 2010

Diário de um protetor...



Olá amigos, tudo bem com vocês? Tenho novidades, estréia hoje no nosso Blog
“Diário de um Protetor”...

Ouvimos falar tanto em doação de animais, resgates, protetores independentes, há algum tempo venho pensando...Como será que eles foram resgatados? Como chegaram ali pra doação? Por que tiveram que fazer cirurgias? Por que foram abandonados, judiados e soltos? Quem os alimenta e os leva ao veterinário? E outras perguntas mais...

Então ninguém melhor que os próprios Protetores, conhecidos também como “Anjos” para nos contar seus resgates, suas histórias, tanto com finais felizes como tristes, tenho certeza que além de mim que estarei escrevendo, vocês que estarão lendo irão se emocionar junto comigo.

E tenho o prazer de apresentar-lhes a Neusa Tironi, moradora da Vila Assunção em Santo André, que parte da UAPA (União Andreense Protetora dos Animais), e vai nos contar a história do Nilo.


O Nilo foi imobilizado com uma focinheira e um arame no pescoço e assim atirado no piscinão próximo ao Ceasa de Santo André.

Estava muito ferido, quase degolado e foi resgatado pela vizinhança. Contudo, assim que se viu livre fugiu desesperado.

Fomos avisados, e começamos a busca desse pobre animal. Após uma semana foi localizado no Rio Tamanduateí, quase morto.

Com a ajuda do CCZ foi possível resgatá-lo, foi operado no Hospital Veterinário da Universidade Metodista, castrado, vacinado e hoje saudável em um lar provisório pago pela UAPA, até que seja adotado.

Devido a tudo que este cão passou, seu temperamento é um pouco arredio, ele fica na dele e só aceita carinho quando ele procura, mas não incomoda ninguém.

O dono ideal, seria aquele que respeitasse as condições e o trauma que carrega com ele hoje em dia, mas como sabemos, amor e carinho pode apagar qualquer lembrança ruim na vida, ele precisa de alguém com muita paciência, que saiba ensinar que a vida não é apenas maus tratos, gritos, chutes, cordas no pescoço, e outras mais que vemos por aí.

Se você é essa pessoa, entre em contato com a UAPA através do email (uapasa@gmail.com) e leve o Nilo pra sua casa, e dê a ele uma condição de vida melhor do que ele conheceu até agora.

Texto: Informativo UAPA/Neusa e Drika
Foto: Arquivo Pessoal

Disqus for ABC dos Bichos