26 de nov de 2010

Meu pet é o bicho!

A foto da seção de hoje “Meu pet é o bicho!” é do Akiro,um cão da raça Chow-Chow de um ano e meio, sua dona é a Apoliana Ferreira, moradora do Bairro Boa Vista em São Bernardo do Campo.


Ter um cachorro sempre foi uma grande vontade da família, mais como todas as pessoas que trabalham ficava difícil conciliar o tratamento do animal, e a rotina diária. Isso sem contar às despesas que ele causaria.

Quando fui promovida decidi que era hora de ter um cachorrinho, mais então tivemos mais um contratempo qual seria a raça apropriada, para pessoas com pouco tempo e espaço.

Levamos meses procurando, estudando e pesquisando sobre raças criadores e valores.

Até que chegamos há uma conclusão, queríamos um cachorro que fosse carinhoso e independente ao mesmo tempo, cão de guarda e companhia e optamos pelo Chow-Chow.

Ele tinha todas as qualidades que queríamos além de ser lindo, mais onde encontrar uma raça tão rara? Foram mais semanas até irmos visitar uma feira de animais em São Paulo, nas vitrines nenhum da raça desejada, já tinha perdido as esperanças e estávamos indo embora, quando no colo de um vendedor ambulante estava um pequeno chow-chow macho de cor avermelhada.

Estava cansado pelo sol que fazia em pleno meio dia, e muito assustado por estar no meio de tanta gente. O vendedor queria se livrar do animal que era, o ultimo de sua ninhada e não conseguia vender por pedir um valor alto a vista.

Ele era meu, tinha que ser meu de qualquer jeito, e quase implorando ao vendedor que abaixasse o preço, conseguimos um desconto no animal, que passou imediatamente para os meus braços. Ele era perfeito, tinha os olhinhos mais lindos que eu já havia visto, eu já estava apaixonada por ele.

Mais tinha um pequeno problema a quantia que ele pedia eu não tinha em dinheiro, e nenhum banco na região estava funcionando por ser um domingo de feriado prolongado.

Enquanto meu marido enfrentava uma verdadeira odisséia para ir até a cidade vizinha encontrar um caixa eletrônico que pudesse sacar o valor, fiquei no meio daqueles vendedores com o pequeno cachorrinho no colo. Para ter certeza que o homem não iria sumir.

Depois de duas horas e meia, já estava pronta para chamar a polícia pensando que meu marido havia sido seqüestrado e ele aparece com um sorriso animador.

Havia conseguido um caixa e retirado o dinheiro, compramos o pequeno cachorrinho, que já estava com o nome escolhido Akiro Castro.

Foi o melhor investimento que fizemos, hoje saudável e 27 kilos mais pesado. Ele é a grande alegria da casa. E meu maior orgulho, por ser tudo o que esperávamos e muito mais.


Seu animal de estimação pode ter um dia de celebridade! Envie fotos do seu bichinho pra nós, que divulgaremos na seção semanal “Meu pet é o bicho!”.

Mande fotos de boa resolução para abcdosbichos@gmail.com e faça uma breve descrição do pet (raça, nome, idade) e do seu dono (nome, profissão, cidade).


Foto: Arquivo Pessoal

Disqus for ABC dos Bichos