23 de dez de 2010

Tika volta para os braços de sua dona...


Oi pessoal, graças a Deus, mais uma história com final feliz, soube essa semana que essa cachorrinha tinha sumido, então liguei ontem para a Gecila, na intenção de conseguir uma foto para postar no Blog e tentar encontrar a Tika.

Mas a boa notícia veio assim que ela atendeu o telefone, dizendo que já estava com sua jóia em seus braços, que haviam encontrado, que estava bem tratada e que seu Natal seria muito mais Feliz.


Gostaria de agradecer a todas as pessoas que estiveram envolvidas nesta história, que se preocuparam com a situação da cachorra na rua, que levaram ao veterinário e deram um local quentinho pra ela dormir, não sei seus nomes, não sei quem são, mas uma única coisa eu sei:

são pessoas do bem, vocês são abençoados, parabéns pelo gesto de amor ao próximo e respeito pelos animais, que todos seus sonhos se realizem.

Abs
Drika

Segue o texto contado pela Gecila como tudo aconteceu:

Tika sumiu misteriosamente do jardim do prédio na segunda-feira na hora do almoço. Digo misteriosamente, porque há 4 anos ela desce diariamente para brincar ou ficar na guarita junto ao porteiro e nunca chega nem perto do portão pq morre de medo da rua. Quando precisa sair, imediatamente trava as patas traseiras e fica muito difícil andar ( scottish cramp, mal da raça sem seriedade). Pois nesse dia sumiu do prédio que é pequeno e todos a conhecem. Ninguém acredita que possa ter saído, mas aqui não está. Teria sido roubada? mas por quem? com isso passamos a tarde da segunda muito confusos.

No dia seguinte alguém disse tê-la visto na calçada do prédio. Criei alma nova, imprimi rapidamente um aviso e saí colocando e perguntando a todo o nosso quadrilátero.

Quarta-feira nada, porém desde a terça que uma amiga havia colocado um anúncio em algumas redes de proteção a animais, então comecei a receber muitos emails que perguntavam dela, sua descrição e se possível uma foto.

E a notícia se replicou com uma velocidade inexplicável. Além disse, três dessas pessoas me ligaram e foram me animando, contando de outros casos que tinham aparecido às vezes depois de 15/20 dias, como deveria montar o cartaz, talvez devesse usar carros com alto-falantes e já procuraram os telefones e me passavam tudo facilitado, como colocar as faixas que a prefeitura vem e tira por que são proibidas e eu deveria recolocá-las.

Tudo isso me animou e na quarta à noite fiz o cartaz e quinta logo cedo xeroquei e as 2 horas já estavam quase todos fixados pelos postes do Jardim Paulista.

Três horas após recebo uma ligação de um motorista particular avisando que ele tinha visto a Tika sendo cuidada por um rapaz que trabalhava perto da casa de seu patrão, que ela estava bem mas que ele só poderia dar o recado no dia seguinte quando o rapaz fosse trabalhar. As 9 da manhã ele já falara com o rapaz e logo fizeram contato comigo dizendo que a Tika estava bem mas que antes de me entregarem deveríamos conversar um pouco.

Achei estranho mas fui imediatamente para lá. Foi então que saíram do escritório 3 moças e 1 rapaz se identificando como "os que encontraram Tika". Depois que se certificaram que era mesmo a dona dela, que não havia intencionalmente descartado o animal para ficar livre dele, então me contaram toda a história de como a encontraram travada numa calçada, que a levaram ao veterinário e como não tinha onde deixa-la um deles ficou com ela em seu apartamento.

Bem Tika já dormia com ele em sua cama, já tinham feito tosa e lacinhos vermelhos e ele já estava triste por precisar me devolver. À noite me trouxe e tudo parece que magicamente voltou ao normal no meu espaço e dentro de mim. Não, nada voltou a ser como antes. Todo esse episódio me fez lembrar de como as pessoas são solidárias e generosas e que pena q por vezes a gente se esquece disso...

Dois dias depois recebi um email do rapaz dizendo que tinha acabado de comprar um cachorrinho para ele. Descobrira que era isso que estava faltando em sua vida.

Feliz Natal,
Gecila


Foto: Arquivo Pessoal

Disqus for ABC dos Bichos