1 de jun de 2011

Cães terapeutas do Rio de Janeiro.

Projeto criado no Rio de Janeiro em 2010 e tem por objetivo chamar a atenção para a importância do trabalho da pet terapia. O grupo realiza um trabalho filantrópico de visitas a Instituições que cuidam de crianças, idosos, portadores de necessidades especiais e escolas.

Atualmente somos 35 voluntários, todos proprietários de seus cães, dentre eles profissionais de saúde, educadores, profissionais liberais, aposentados e uma estagiaria de pedagogia, que tem a função de estimular através da leitura a importância do respeito aos animais esclarecendo de forma lúdica a posse responsável, entre outras.

O Projeto conta com um staff de 30 cães e duas calopsitas, que realizam diversas atividades com pacientes, assim como, contato direto com o animal, exercícios para estimular o raciocínio e trabalhar a motricidade fina e global, escovação, exercícios com arco, exercícios de estimulação usando o boliche e o futebol, além de brincadeiras como show dog e utilização de alguns exercícios do Agility.
Retiro dos Artistas

Nas visitas às instituições infantis, o Projeto conta com o Pet Health, uma “mini clinica imaginária” onde as crianças assumem a função de médicos mirins, colocando máscaras de cirurgia e sendo incentivadas a explorar o corpo do cão no sentido de escutar seu coração, seus pulmões, simular aplicação de injeção, fazer curativos, medicar (com água) e finalizando, realizar o diagnóstico sobre o animal. Essa atividade serve como estímulo ao raciocínio e a criatividade das crianças, ao mesmo tempo em que as conscientizam da importância que tem uma vida.


Fazemos também campanhas para arrecadar doações entre as necessidades das Instituições visitadas, quando carentes. Nessas Campanhas, algumas vezes contamos com a ajuda da Brigada Veneno e da Funny Dogs para uma apresentação extra de Agility onde utilizamos os obstáculos oficiais que são prontamente cedidos pelas duas Escolas. Em junho/10, por exemplo, fizemos uma Campanha para um Abrigo de Idosos retirados das ruas, a nós indicado pela Brigada Veneno, onde arrecadamos mais de 150 latas de leite em pó, 85 quilos em alimentos não perecíveis, roupas de inverno, de cama, fraldas geriátricas descartáveis e meias de lã.


Felizmente, por termos uma grande credibilidade dentro no nosso Estado, o Projeto Pelo Próximo recebe um retorno muito positivo quando fazemos Campanhas em prol das Instituições carentes visitadas. Gostaria de mencionar que não recebemos/pedimos, nenhuma ajuda financeira.


Nossas visitas são quinzenais, geralmente aos finais de semana e divididas por grupos de voluntários/cães de forma a não sobrecarregar ninguém e sempre adaptando o numero de cães convocados com o espaço da Instituição. Apesar de sermos um grupo de amigos com um único ideal, temos uma Coordenação bem definida, responsável pelos contatos com as Instituições, agendamento das visitas e primeira identificação das necessidades dos visitados.

Nosso grupo se apresenta sempre uniformizado (camiseta própria, calça jeans e tênis preto) e nossos cães terapeutas com crachá de identificação e bandana do Projeto.


Para que um cão se junte ao nosso Grupo, precisa estar totalmente vacinado e vermifugado, apresentar atestado médico trimestral, estar sempre com os as unhas aparadas e o pelo limpo e escovado e principalmente, ser manso e receptivo a todo tipo de toques. Alem disso, o animal terá que passar pela avaliação de uma voluntária Comportamentalista e Adestradora para obter “OK” final.


Abrigo dos Idosos Carentes

Enfim, acho que estamos no caminho certo ao tentar ajudar a minimizar um pouco o sofrimento e a carência de alguns segmentos menos favorecidos oferecendo tão pouco de nós, somente algumas horas do nosso dia. Nossos cães também se mostram bastante felizes com o trabalho realizado!!!!


Texto e Fotos: Giannina

Parabéns á todas as pessoas que levam algo de bom para essas pessoas tão especiais.
Obrigada por sempre manter o equilíbrio necessários de seus cães, dando-lhes amor e carinhos...
Vocês são médicos da alegria, tenha a certeza disso.

Drika

Disqus for ABC dos Bichos